Mundo Vira Lata
Menu de navegação
Hollywood foi minha primeira parada nos Estados Unidos. Tinha somente 2 dias então decidi me hospedar na emblemática terra das estrelas do que em Los Angeles, já que certamente não teria tempo de ver nada da cidade. Peguei um shuttle direto do aeroporto (8 dólares, pago somente com cartão de crédito) para Hollywood e cheguei ao hostel mais caro da minha viagem (e entre os piores que fiquei). Bom...como todos falam, você está em Hollywood baby! Fantasia vs realidade Hollywood Read more [...]
More Information»
Nem sei por onde começar a falar de San Francisco. Não é segredo que não faço o estilo "American way of life" e não gostei dos Estados Unidos. SF tem suas peculiaridades por´´m não foge da regra. San Francisco, o berço do movimentos liberais americanos. O movimento hippie, o movimento LGBT e hoje a revolução digital...todos esses movimentos começaram em épocas distintas na cidade. A Haight Street, onde os hippies surgiram na década de 60 até hoje mantém seu ar alternativo, mesmo Read more [...]
More Information»
Burning Man: A cidade que nasce no meio do deserto

Burning Man: A cidade que nasce no meio do deserto

Imagine uma cidade de cerca de 70 mil habitantes (esse foi o número de pessoas que passaram 7 dias de 2016 no deserto). Agora coloque essa cidade no meio de um deserto no estado de Nevada, mude completamente a economia do lugar e dê liberdade para que as pessoas se expressem como queiram. Conseguiu imaginar? Difícil né?

outubro 62016
Bom...você deve estar perguntando “Mas que negócio é esse?”. Vou tentar resumir o que é o Burning Man, ou minha impressão sobre. Imagine você acordar de manhã cedo e ir em uma aula de “meditação orgásmica”, logo depois ir em um camp que está servindo panquecas “com as cores do arco-iris” e café. Após bater um papo com quem está ali passa em um bar e pega uma cerveja enquanto passa por uma tenda que faz uma carteira de identidade com as fotos do seu genital. Você Read more [...]
More Information»
A viagem de barco de Tabatinga a Manaus dura 3 dias e 3 noites, o custo da passagem é de R$ 200,00 porém se você comprar a passagem no dia anterior paga R$ 150,00. No preço já estão inclusas todas as refeições e água a vontade. O barco brasileiro é muito mais organizado que o peruano (que tomei de Iquitos a Letícia). As redes são (mais ou menos) organizadas, os banheiros limpos e a comida servida em sistema de buffet e muito gostosa. É uma viagem bem agradável. O barco também Read more [...]
More Information»
Tomei um barco de Iquitos (daqueles cheio de redes) para Letícia, na Colômbia. O barco é o único meio de transporte para as várias pessoas que vivem nos povoados ribeirinhos pelo meio da Floresta. Também é a maneira como chegam todos os mantimentos a eles. Entrei no barco e consegui negociar um desconto na passagem. Para 1 dia e duas noites de viagem, com refeições (bem ruinzinhas e pequenas, caso encare a aventura leve muitos snacks) foram 50 Soles (R$ 50). Comprei uma rede no mercado Read more [...]
More Information»
Iquitos é a maior cidade do mundo que não se pode chegar de carro. O acesso a cidade só pode ser feito de barco ou de avião. Bom...estava eu em Lima pensando em pegar um ônibus até a última cidade acessível e depois um barco a Iquitos, quando soube que demoraria 7 dias para tal trajeto e que o preço seria quase o mesmo de um vôo mudei de ideia. Mas porque ir a Iquitos? Uma cidade no meio da floresta amazônica que na realidade não tem muitos atrativos? Desde o começo Read more [...]
More Information»
Lima comporta cerca de 1/3 da população do Peru, é considerada a segunda maior cidade das Américas (considerando área da cidade e não zonas metropolitanas), com 9 milhões de habitantes, atrás somente de São Paulo e a frente da cidade do México. Lima se difere muito do restante do Peru. É uma metrópole e como tal é repleta de prédios espelhados e largas avenidas. Apesar do centro histórico muito bem preservado e dos vários museus que contam sobre a cultura e história do Peru Read more [...]
More Information»
Antes de falar de Huacachina e Ica gostaria de fazer uma observação. Se puder NÃO ir de ônibus de Cusco a Ica não vá, pegue um avião até Lima. São 24 horas de viagem em uma estrada CHEIA de curvas de praticamente 180 graus. Eu fiquei muito enjoado e quase passei mal várias vezes durante o trajeto. Não é algo que recomendo, a não ser que você realmente precise economizar dinheiro (porque a passagem é bem barata). Pronto, agora continuando...Huacachina faz parte da província Read more [...]
More Information»
A 80 km de Cusco no meio de uma floresta cercada de montanhas está a mais impressionante e misteriosa cidade Inca; Machu Picchu. Construída a pouco mais de 2430m de altitude a cidade foi abandonada por sua população antes da conquista pelos espanhóis, que nunca chegaram a encontrará-la. Esse talvez seja o principal motivo de porque está intacta e não tenha sido completamente destruída, como ocorreu com as outras cidadelas do império. Em 1981 toda a região foi instituída como Read more [...]
More Information»
No final de sua vida o Império Inca se entendia da região onde hoje é Santiago (no Chile) até o sul da Colômbia. Porém tudo começou na região de Cusco, que durante os curtos 100 anos de existência dessa civilização teve a cidade como seu centro administrativo e religioso. Cusco (que em quechua se escreve Qusqu ou Qosqo) quer dizer "umbigo do mundo". Nessa região, especialmente por se situar em um vale cortado por dois rios e protegido por montanhas se estabeleceram as primeiras Read more [...]
More Information»
Arequipa é a segunda maior cidade do Peru e conhecida como "a cidade branca" por suas construções históricas serem construídas com "sillar" uma espécie de rocha vulcânica branca. Aliás seu centro histórico é considerado patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO e o mais bonito do Peru (com razão, quando dei de cara com a praça fiquei boquiaberto e parado um tempo admirando e absorvendo tudo). A cidade sofre de constantes tremores e erupções porque se situa bem em Read more [...]
More Information»
Saindo de Copacabana e dando a volta em meio Titicaca (trajeto que demora 5 hrs) chegamos a cidade de Puno no Peru. Se lembram que sempre acontece algo em fronteiras? Dessa vez o carinha não foi com a minha cara e me deu um selo de 30 dias sem demais explicações. Isso iria me causar problemas mais tarde. 😛 Bom...chegando na rodoviária de Puno precisávamos achar um lugar para ficar. Uma mulher nos ofereceu um quarto triplo nesses hoteizinhos fuleiros com banho privado por 50 Soles (o Read more [...]
More Information»
A cerca de 4 horas de ônibus de La Paz está Copacabana, a principal cidade da Bolívia que costeia o maior lado da América do sul e o mais alto lago navegável do mundo, o lago Titicaca. Antes de começar a falar sobre Copacabana devo ressaltar minha zica em fronteiras. Para entrar na região de Copacabana você deve passar por um controle migratório e apresentar seu passaporte. Como lá no Atacama o cara se negou a carimbar meu passaporte fiquei com outro papel da imigração, papel esse Read more [...]
More Information»
La Paz – O limite entre a organização e o caos

La Paz – O limite entre a organização e o caos

La Paz é o limiar entre a organização e o caos

agosto 192016

La Paz é aquele tipo de cidade do “ame-o ou odeie-o”. Destino de turistas que buscam festas loucas regadas a cocaínas barata até os interessados em suas belezas naturais, história e cultura distintas La Paz tem uma infinidade de coisas a oferecer.

More Information»
Antes de começar a escrever gostaria de dar um spoiler: O Salar de Uyuni é um dos lugares mais fodas que já visitei nesse mundo. Junto com o Monte Roraima está entre as regiões que não fazem parte desse planeta. Pronto, agora posso continuar. Como estava no Atacama e já havia feito o passeio pelo salar saindo de Uyuni em 2011 comprei o pacote que atravessava o deserto. Paguei 90.000 pesos chilenos por 3 dias e duas noites de travessia (com hospedagem e refeições inclusas, isso dá mais Read more [...]
More Information»
Quando o ônibus partindo de Pumamarca, na Argentina (e com atraso) chegou naquela cidadezinha simples com ruas de chão batido eu não acreditava que se tratava de São Pedro de Atacama. A fama da cidade subiu minhas expectativas quanto a estrutura para turismo. Por mais que as ruas do centro estejam mais ocupadas por mochileiros que por habitantes a cidade continua como uma pequena e simples vila no meio da região mais árida do mundo. E tudo isso deu um charme a mais para a já mágica região Read more [...]
More Information»
Depois de passar uns dias em Salta havia planejado ir a San Salvador de Jujuy para ver em quais lugares poderia ir para conhecer um pouco mais do norte argentino. Conversando com o pessoal em Salta me falaram que San Salvador é uma cidade assim como Salta e poderia ir direto para as vilas como Tilcara e Humauaca. O Lonely Planet dizia que Tilcara era uma cidade com mais atrativos e estrutura para turismo que Humauaca, então decidi parar por lá. Bom, isso se mostrou ser a mais completa Read more [...]
More Information»
Porta de entrada para a travessia para o sul de Bolívia, Humahuaca é uma cidadezinha de 11 mil habitantes situada numa região de ruínas e montanhas coloridas denominada "Quebrada de Humahuaca", que vai de Pumamarca até a cidade de mesmo nome, passando por Tilcara. Humahuaca tem uma arquitetura peculiar com casas feitas de pedra, barro e palha, como a milênios as civilizações pré-incas já o faziam. A cidade foi declarada patrimônio cultural e natural da humanidade pela UNESCO, em 2003. Caminhas Read more [...]
More Information»
O Paraguai para mim sempre foi um mistério. Nosso país vizinho conhecido pelas compras baratas e pelos produtos falsificados. Porém quando refiz meu roteiro passando por Foz eu fiquei me perguntando : "O que mais existe nesse país?" E a resposta foi um branco geral, o mesmo que tenho se me perguntarem sobre as Guianas ou o Suriname, a diferença é que sempre esteve aqui do lado. Então resolvi passar alguns dias na capital Asunción e conhecer um pouquinho do paraguaio, seus costumes, Read more [...]
More Information»
Depois de 10 dias em São Paulo tomei um avião para Foz do Iguaçu, estava na hora de voltar a praticar o espanhol, ainda tive sorte e consegui uma passagem baratíssima para a cidade da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina e casa de uma das 7 maravilhas do mundo natural: As cascatas do Iguaçu. Foz do Iguaçu, Brasil. Foz do Iguaçu é uma cidade média como qualquer outra. Calma, limpa e organizada é bem agradável de se ficar. Para cruzar a fronteira tanto para Puerto Iguaçu Read more [...]
More Information»
Depois de morar em Floripa vivi 4 anos em São Paulo. Foi uma época bem intensa, de muito trabalho e de muito aprendizado. Recomendo a todos viver um tempo por lá. Não é fácil, não é para a vida toda, mas é muito bom tanto para a vida profissional quanto pessoal. Bom, voltando a viagem...estava visitando a família no sul e achei uma passagem barata para São Paulo, resolvi passar mais alguns dias lá para rever os amigos e matar as saudades de algumas coisas da capital. São Read more [...]
More Information»
Morei praticamente 10 anos nessa ilha, então sou suspeito para falar, sempre que chego nela me bate um misto de saudade e nostalgia. Depois de sair de carona de Porto Alegre 6 hora depois chego em Florianópolis (Floripa para os mais íntimos), capital do estado de Santa Catarina e dona de mais de 40 praias, gente bonita e natureza incrível. Durante o verão palco de migração de milhares de turistas de todas as partes do Brasil e do mundo. Floripa e suas praias A Ilha da Magia tem praia Read more [...]
More Information»
Logo após passar pelo Chuí ( e não pegar o selo de saída do Uruguai porque o ônibus simplesmente não parou na fronteira) hora de voltar para o Brasil e matar um pouco das saudades. Primeira parada: Porto Alegre. Porto Alegre é para mim uma cidade agradável e como toda capital tem muito da história do seu estado, tanto nos costumes do seu povo como institucionalizada em museus e manifestações artísticas. Gaúchos e suas paixões regionalistas Passeando por Porto Alegre você Read more [...]
More Information»
Passei alguns perrengues na estrada pois não existe ônibus direto de Asunción a Salta. Teria que parar em Resistência, na Argentina e pegar outro só que de noite havia um protesto de índios que bloquearam a estrada e ficamos parados por várias horas, cheguei em Resistência 11 da noite sem lugar para ficar. A cidade é minúscula e não existem albergues por lá, tive que falar com o segurança da praça da cidade para me deixar acampar lá por uma noite (era permitido acampar mas o parque Read more [...]
More Information»
Eu diria que Punta del Diablo é a solução para quem não curte a ostentação de Punta del Este. Punta del Diablo tem um "que" de hippie mas também construções mais luxuosas, as ruas são de terra porém com carros, motos e ônibus circulando. Há mercados, bares, baladinhas...tudo que um balneário de praia tem que ter. Sua população fixa é de apenas 650 habitantes porém no verão se transforma num dos principais destinos turísticos do Uruguai, juntamente com Punta del Este, seu Read more [...]
More Information»
Imagine uma vilinha hippie de 95 habitantes permanentes (segundo o último censo) na ponta de uma reserva natural cercada de dunas e praias, sem energia elétrica (com exceção de um grande farol) e água disponível somente através de poços artesianos. É Cabo Polônio. E para chegar lá você precisa encarar meia hora em cima de um caminhão pelas dunas ou 7 quilômetros caminhando pela praia. 3 ilhas próximas a costa formam o mais importante santuário de leões marinhos do mundo. Read more [...]
More Information»
Quando me perguntavam o que iria fazer em Punta del Este eu não entendia o porque do questionamento. Afinal é a praia mais famosa do Uruguai, onde tem a grande mão que sai da areia. Só quando abri o Lonely Planet para ler sobre a cidade já no ônibus a caminho é que percebi a razão para tantas dúvidas. O guia descreve Punta da seguinte maneira: "Ok! Esse é o plano: Bronzeie seu corpo, depile-o, malhe na academia e então massageie e o exiba nas praias de "Punta". Depois que tiver feito Read more [...]
More Information»
Eu definitivamente não gostei de Montevideo. Não sei se foi pela cidade em si, por eu ter me encantado por Buenos Aires e ter desembarcado numa cidade que achei sem sal ou o baque de sentir a frieza do povo uruguaio depois de passar 3 meses no calor dos chilenos e argentinos. Conheci pessoas que acharam Montevideo uma pequena Buenos Aires, eu discordo. Pessoas que gostaram de Montevideo, eu respeito. Mas pelo meu ponto de vista é que é a capital mais sem sal que já passei na minha vida. Dei Read more [...]
More Information»
Se meu blog deixasse eu daria 6 estrelas para Buenos Aires. A principal cidade da argentina é vívida e multicultural, porém sem nunca perder o drama e o modismo porteño. Eu acredito que as cidades mais plurais do mundo não devem ser visitadas, mas sim sentidas. Andar pelas ruas de Buenos Aires é se deparar com o antigo e o novo convivendo harmoniosamente. A arquitetura histórica é cuidadosamente mantida dando um ar "europeu" a cidade (Buenos Aires é considerada a cidade mais "européia" Read more [...]
More Information»
O Ushuaia é uma cidade-resort situada no extremo sul da Argentina. É o último povoado do mundo a ser alcançado por uma rodovia, por isso é intitulada como "El fin del mundo". Na verdade a cidade mais ao sul do mundo é Puerto Williams, no Chile. Porém é somente acessível de barco via Puerto Varas ou inclusive pelo Ushuaia. A história da região é muito rica e intensa. Povoada por milhares de ano por indígenas, estes dizimados principalmente por enfermidades trazidas pelos espanhóis Read more [...]
More Information»
Desde 2009, quando fiz meu primeiro mochilão e descobri o Parque Nacional Torres del Paine eu prometi a mim mesmo que tinha que voltar a Patagônia para conhecer esse que é um dos principais destinos para trekking no mundo e considerado patrimônio da biodiversidade pela UNESCO. Aliás, o parque foi um dos principais motivos de eu ter começado minha viagem indo para o sul. Assim conseguiria visitá-lo em uma época ainda agradável (e infelizmente durante a temporada, mas não se pode conseguir Read more [...]
More Information»
El Calafate é uma cidade construída em torno do seu atrativo principal: O belo e imponente Glaciar Perito Moreno. É incrível como o país se esforça para ter uma certa unidade visual em suas cidades turísticas do sul, se transformando em pequenas "Suiças argentinas" com muitos chocolates e cervejas artesanais e árvores que nem fazem parte da flora local plantadas ao redor da cidade. El Calafate nos últimos anos se transformou de uma vila simples a um reduto "gourmet" onde os turistas Read more [...]
More Information»
Depois de 500km de carona de Tortel a Chile Chico para cruzar a fronteira e mais 12 hrs de ônibus chego a El Chaltén, conhecida como capital argentina do Trekking e casa do Monte Fitz Roy, desafio de muitos escaladores do planeta. El Chaltén e suas trilhas A cidade de El Chaltén é mais nova que eu, foi fundada em 1985 para fins de demarcação de território. Hoje conta com pouco mais de 1.500 habitantes fixos + pessoas que vem trabalhar nas agencias durante a temporada. Localizada Read more [...]
More Information»
Tortel é uma daquelas maravilhas que combinam a exuberância da natureza com a criatividade do ser-humano para se adaptar as condições que ela proporciona. É uma cidade única e surreal, cenário ideal para os mais estonteantes filmes. Imagine uma vila de aproximadamente 500 habitantes que circunda um morro que costeia um grande lago de água azul esbranquiçada proveniente de de 3 rios e também do degelo de glaciares. Esse morro é repleto de passarelas onde os habitantes (e visitantes) Read more [...]
More Information»
Cochrane é uma cidadezinha minúscula e arrumadinha ao lado do Parque Nacional San Rafael (que não pude visitar porque haviam avistado pumas em um camping e o parque estava fechado - e assim se resume a história do título. rs) A comuna foi fundada oficialmente em 1954 com fins de demarcação de território, nessa época um terreno foi concedido a Força Aérea e na região haviam 10 casas. Hoje a vila tem cerca de 3.000 habitantes, a maior parte prestadores públicos ou militares. Cochrane Read more [...]
More Information»
Puerto Rio Tranquilo não é muito mais que uma parte da Carretera a beira do lago General Carrera com uns 300m em que se enfileram tendas de passeios turísticos e viajantes das mais variadas classes buscando a melhor cotação para o principal atrativo da vila: As Carpillas e a Catedral de Mármore. Lago General Carrera e suas Carpillas. O Lago General Carrera é o maior do Chile e o segundo maior da América Latina (atrás somente do Lago Titicaca, na Bolívia). Ele se estende até a Argentina Read more [...]
More Information»
Desde o começo da Carreteira, em em Puerto Montt, Coyhaique é a maior cidade do percurso (cerca de 40 mil hab.) e ponto estratégico para mochileiros se reabastecerem depois de grandes períodos em parques ou pequenas vilas que não oferecem tudo o que precisam e quando oferecem os preços são bem salgados (vide frutas e verduras). A cidade em si não tem muitos atrativos. O que me chamou a atenção quando desci do ônibus vindo de Futaleufú foi a diferença cultural nítida que se formou Read more [...]
More Information»
Quanto mais vou para o sul da Carreteira mais belezas ela me traz e com ela me seduz. O Parque Queulat foi uma daquelas surpresas sensacionais e inesperadas que você encontra no meio do seu caminho. A região do parque é um dos mais intocados do país, o que significa que em meio de suas trilhas você pode conferir toda a flora e fauna em seu aspecto natural (quase) sem intervenção humana. Eu fiz duas das trilhas do parque, a famosa trilha do Ventisqueiro Colgante e a mágica (e escondida) Read more [...]
More Information»
Futaleufú é um daqueles lugarzinhos no meio do nada que aos poucos ganham visibilidade porque alguém descobre algo com extremo potencial de atrair turistas, nesse caso é o rio que dá nome a cidade, considerado por muitos o mais perfeito para a prática de rafting e kayaking no mundo (segundo a mídia especializada está entre os top 3 para a prática). Com seus pouco menos de 2.000 habitantes, Futaleufú tem em suas 16 quadras praticamente uma economia auto-sustentável. Os moradores Read more [...]
More Information»
Chaitén e o Parque Pumalin
fevereiro 132016
Meu primeiro destino na Carreteira Austral foi Chaitén, onde o barco que sai somente duas vezes por semana da cidade de Quellón, na ilha de Chiloé atraca depois de uma viagem de 5 horas. Tomei o último ônibus que saia de Castro a Quellón para que estivesse lá para pegar a embarcação as 3 da manhã. No meio da viagem já fui surpreendido por um amanhecer mágico em meio ao mar com o horizonte repleto das montanhas que me aguardavam no continente. A vila de Chaitén e o que sobrou Read more [...]
More Information»
A 90km de Ancud fica Castro, a capital e maior cidade da ilha de Chiloé. O povoado fica no centro da ilha e é ponto estratégico para visitar os lugares mais interessantes da região. Apesar de pequena Castro é bem movimentada, além de seus 4.000 habitantes vemos muitos turistas andando pelas ruas. A cidade é famosa pelas casas construídas em cima de grande palafitas praticamente invadindo o espaço marítimo. Lá também está a maior igreja da ilha e uma das que foram tombadas pela Read more [...]
More Information»
Ancud e as pinguineras
fevereiro 12016
Ancud é a cidade de entrada para a ilha de Chiloé. Depois de pegar o ferri em Puerto Montt e esperar por cerca de 20 minutos você atraca na vila de Chacao e (caso esteja de ônibus) continua por mais 30km até Ancud. A cidade, juntamente com Castro e Quellon, é uma das principais da ilha. Ancud é pequena, praticamente uma vila e a cidade em si não oferece muitos atrativos. Lá se consegue ter um primeiro contato com a cultura chilota através da gastronomia e uma pincelada de história visitando Read more [...]
More Information»
Puerto Varas é uma daquelas cidade que não estava no meu roteiro mas falaram tanto dela que decidi passar alguns dias lá, e valeu a visita. A cidade é bem pequena e charmosa e de cara você percebe a influência da colonização germânica da região, casas estilo enxaimel e de madeira compõe as ruas ornadas de rosas e outras flores por todos os lados (Puerto Varas também é conhecida como cidade das rosas.).   A imponência do vulcão Osorno e a grandiosidade do Lago Llanquahue. Puerto Read more [...]
More Information»
A mais ou menos 100km de Bariloche encrustada em meio às montanhas existe o povoado de El Bolsón. Ao contrário de Bariloche o atrativo principal de El Bolsón são as pessoas. A partir da década de 70 muitos hippies vindos de Buenos Aires escolheram o local como sua morada e assim a cidade evoluiu sobre sua cultura. Hoje a cidade, que tem pouco menos de 20 mil habitantes vive de artesanato, horticultura orgânica e dos esportes de aventura como rafting e trekking pelos diversos parques Read more [...]
More Information»
Bariloche ao meu ver é uma cidade concebida e construída para o turismo. Estive lá em 2009  e 6 anos depois decidi dar uma segunda chance porém a impressão foi a mesma. Uma cidade sem alma, sem história. Não que os quase 250.000 habitantes não façam a história da cidade, porém para os turistas essa parte de Bariloche não aparece, e acreditem...é uma parte completamente diferente do centro histórico limpinho e criado sob os moldes europeus. Bariloche foi fundada em frente Read more [...]
More Information»
Pucón é uma pequena e charmosa vila encravada entre um lago e um vulcão, ambos de mesmo nome (Villarrica). É hoje tanto reduto de turistas endinheirados como de hippies modernos procurando sua meca em meio a natureza, também de mochileiros em busca de aventura no meio dos parques, cachoeiras, rios e um dos vulcões mais ativos do mundo. Pode-se dizer que se tratando de atrativos naturais a região de Pucón oferece de tudo. Uma praia de areia negra na beira de um enorme lago, corredeiras Read more [...]
More Information»
Valparaíso, ou Valpo como carinhosamente os chilenos a chamam, é uma cidade que por si só é uma atração. Se perder nas ruelas dos cerros recheadas de graffitis em suas casas revestidas de metal vindo de velhos containers é ter uma incrível experiência. Não é a toa que em 2003 seu centro foi reconhecido como patrimônio cultural da UNESCO.   Outra atração a parte de Valpo são as pessoas. A cidade emana manifestações artísticas não só pela arte urbana, mas nos Ateliers, Read more [...]
More Information»
Há coisas que só o Couchsurfing faz para você. Uma delas é te fazer conhecer cidadezinhas relativamente desconhecidas no meio do seu caminho. Quando entrei no site do CS a procura de eventos em Santiago vi que ia rolar uma invasão em uma cidade chamada Pichilemu, a umas 3hrs e meia da capital. Nem preciso falar que aceitei. Sou CSer desde 2008 e conhecer várias pessoas (ainda mais quando se viaja sozinho) é muito bom. E fui para Pichilemu. A cidade é bem pequena, você consegue Read more [...]
More Information»
Santiago e a história do Chile
novembro 232015
  Santiago é a primeira cidade que desembarco para minha viagem. A capital do Chile com 1/3 da população do país (6 milhões de habitantes), ou seja, se falando de pessoas e concentração de renda o Chile é praticamente Santiago.     Logo no avião já se tem o primeiro cartão postal de boas vindas, a Cordilheira dos Andes. Essa cadeia de montanhas circunda Santiago e é o que a faz ser uma das capitais mais poluídas do mundo. A poluição das fábricas, Read more [...]
More Information»
All Listing Types All Locations Any Rating

Listing Results

  • Hollywood e o sonho americano

    Hollywood e o sonho americano

    Estados Unidos

    Read more
  • San Francisco. A cidade onde tudo começa.

    San Francisco. A cidade onde tudo começa.

    Estados Unidos

    Read more
  • Burning Man: A cidade que nasce no meio do deserto

    Burning Man: A cidade que nasce no meio do deserto

    Estados Unidos

    Read more
  • Manaus – a cidade do meio da selva.

    Manaus – a cidade do meio da selva.

    Brasil

    Read more
  • Letícia, Tabatinga e a tríplice fronteira da Amazônia.

    Letícia, Tabatinga e a tríplice fronteira da Amazônia.

    Brasil, Colômbia, Peru

    Read more
  • Iquitos e a amazônia peruana

    Iquitos e a amazônia peruana

    Peru

    Read more
  • Lima – A mescla do antigo e contemporâneo no Peru

    Lima – A mescla do antigo e contemporâneo no Peru

    Peru

    Read more
  • Huacachina, um oásis no meio da América

    Huacachina, um oásis no meio da América

    Peru

    Read more
  • Machu Picchu: A magia do Império Inca

    Machu Picchu: A magia do Império Inca

    Peru

    Read more
  • Cusco – O centro do Império Inca

    Cusco – O centro do Império Inca

    Peru

    Read more
  • Arequipa, todo o charme da “ciudad blanca”.

    Arequipa, todo o charme da “ciudad blanca”.

    Peru

    Read more
  • Puno e as ilhas futuantes de Uros

    Puno e as ilhas futuantes de Uros

    Peru

    Read more
  • Copacabana – O lado boliviano do Titicaca

    Copacabana – O lado boliviano do Titicaca

    Bolívia

    Read more
  • La Paz – O limite entre a organização e o caos

    La Paz – O limite entre a organização e o caos

    Bolívia

    Read more
  • Salar de Uyuni – Você não está nesse planeta

    Salar de Uyuni – Você não está nesse planeta

    Bolívia

    Read more
  • San Pedro de Atacama – A meca dos mochileiros na América do sul

    San Pedro de Atacama – A meca dos mochileiros na América do sul

    Chile

    Read more
  • Tilcara – as ruínas mais antigas da Argentina

    Tilcara – as ruínas mais antigas da Argentina

    Argentina

    Read more
  • Humahuaca e a montanha de 14 cores

    Humahuaca e a montanha de 14 cores

    Argentina

    Read more
  • Asunción: O que você sabe sobre o Paraguai?

    Asunción: O que você sabe sobre o Paraguai?

    Paraguai

    Read more
  • Cataratas do Iguaçu e a força da natureza

    Cataratas do Iguaçu e a força da natureza

    Argentina, Brasil, Paraguai

    Read more
  • São Paulo – Uma cidade de extremos

    São Paulo – Uma cidade de extremos

    Brasil

    Read more
  • Floripa – A ilha da magia

    Floripa – A ilha da magia

    Brasil

    Read more
  • Porto Alegre, a capital dos gaúchos.

    Porto Alegre, a capital dos gaúchos.

    Brasil

    Read more
  • Salta – A porta de entrada para o deserto argentino

    Salta – A porta de entrada para o deserto argentino

    Argentina

    Read more
  • Punta del Diablo, o irmão hippie de Punta del Este

    Punta del Diablo, o irmão hippie de Punta del Este

    Uruguai

    Read more
  • Cabo Polônio. Uma pontinha do paraíso no Uruguai

    Cabo Polônio. Uma pontinha do paraíso no Uruguai

    Uruguai

    Read more
  • Punta del Este, a praia-ostentação do Uruguai

    Punta del Este, a praia-ostentação do Uruguai

    Uruguai

    Read more
  • Montevideo: o apreço pelo antigo e pelo novo

    Montevideo: o apreço pelo antigo e pelo novo

    Uruguai

    Read more
  • Minha querida Buenos Aires

    Minha querida Buenos Aires

    Argentina

    Read more
  • Ushuaia: O fim do mundo (argentino)

    Ushuaia: O fim do mundo (argentino)

    Argentina

    Read more
  • Puerto Natales e o Parque Nacional Torres del Paine

    Puerto Natales e o Parque Nacional Torres del Paine

    Chile

    Read more
  • El Calafate e o Glaciar Perito Moreno

    El Calafate e o Glaciar Perito Moreno

    Argentina

    Read more
  • El Chaltén – A capital do trekking.

    El Chaltén – A capital do trekking.

    Argentina

    Read more
  • A maravilhosa e surreal Caleta Tortel

    A maravilhosa e surreal Caleta Tortel

    Chile

    Read more
  • Cochrane e o parque dos Pumas

    Cochrane e o parque dos Pumas

    Chile

    Read more
  • Puerto Rio Tranquilo e as Carpillas de Mármore

    Puerto Rio Tranquilo e as Carpillas de Mármore

    Chile

    Read more
  • Coyhaique e a tradição gaúcha do sul do Chile

    Coyhaique e a tradição gaúcha do sul do Chile

    Chile

    Read more
  • O (quase) intocado Parque Queulat

    O (quase) intocado Parque Queulat

    Chile

    Read more
  • Futaleufú: A meca do rafting.

    Futaleufú: A meca do rafting.

    Chile

    Read more
  • Chaitén e o Parque Pumalin

    Chaitén e o Parque Pumalin

    Chile

    Read more
  • Castro. A capital da grande ilha de Chiloé.

    Castro. A capital da grande ilha de Chiloé.

    Chile

    Read more
  • Ancud e as pinguineras

    Ancud e as pinguineras

    Chile

    Read more
  • Puerto Varas e a influência germânica no Chile

    Puerto Varas e a influência germânica no Chile

    Chile

    Read more
  • El Bolsón: O vale hippie no meio das montanhas.

    El Bolsón: O vale hippie no meio das montanhas.

    Argentina

    Read more
  • Bariloche: A Porto Seguro dos Argentinos

    Bariloche: A Porto Seguro dos Argentinos

    Argentina

    Read more
  • Pucón: A vila que virou resort.

    Pucón: A vila que virou resort.

    Chile

    Read more
  • Todo o charme de Valparaíso

    Todo o charme de Valparaíso

    Chile

    Read more
  • Pichilemu – A capital “mundial” do Surf

    Pichilemu – A capital “mundial” do Surf

    Chile

    Read more
  • Santiago e a história do Chile

    Santiago e a história do Chile

    Chile

    Read more