0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Bom…você deve estar perguntando “Mas que negócio é esse?”. Vou tentar resumir o que é o Burning Man, ou minha impressão sobre.
Imagine você acordar de manhã cedo e ir em uma aula de “meditação orgásmica”, logo depois ir em um camp que está servindo panquecas “com as cores do arco-iris” e café. Após bater um papo com quem está ali passa em um bar e pega uma cerveja enquanto passa por uma tenda que faz uma carteira de identidade com as fotos do seu genital. Você pode tomar banho no “body-wash” onde pessoas passam com sabão e esponja em você e mais umas 60 pessoas enfileiradas e ir para a balada que está acontecendo a tarde em algum canto da cidade. Tudo isso sem dinheiro, conhecendo várias pessoas sempre sorridentes e trabalhando com prazer de presentear aquilo a você. Isso é apenas algumas horas de um dia da sua vida no Burning Man.

Burning Man

Pô do sol no meio do deserto.

Imagine uma cidade de cerca de 70 mil habitantes (esse foi o número de pessoas que compraram ingressos em 2016). Agora coloque essa cidade no meio de um deserto no estado de Nevada, mude completamente a economia do lugar e dê liberdade para que as pessoas se expressem como queiram. Conseguiu imaginar? Difícil né?
Desde que comecei a planejar minha viagem uma das metas seria ir ao Burning Man. Faz cerca de 6 anos que zappeando pela televisão parei em um episódio de Malcolm in the Middle em que a família de Malcolm ia parar o meio do deserto.
Aquele episódio louco me prendeu e a cada minuto me questionava “Isso realmente existe? Se existir eu PRECISO ir nesse lugar antes de morrer!”.

Ir ao Burning Man exige um certo planejamento. Você compra o ingresso em fevereiro (que não é barato), marca suas férias para agosto (que dependendo de sua posição na empresa não é tão simples) e ainda tem que correr atrás de como ir, com quem ir e como levar tudo que você precisa.
Durante 7 dias uma comunidade é montada e desmontada naquele inóspito lugar nos EUA. Essa comunidade funciona com base em 10 princípios.

Os 10 princípios do Burning man

RADICAL INCLUSION: Todos são bem vindos ao Burning Man, não há pré-requisitos e todos devem ser respeitados.

Burning Man

Art-Car rondando por Black Rock City

GIFTING: É a base econômica do evento. O Burning Man é baseado no ato de presentear. Presentear é incondicional e não se deve esperar um retorno ou algo em troca. Dinheiro não é uma moeda de troca em Black Rock City (o nome da cidade formada no deserto), toda a economia é baseada no gifting.

Burning Man

Barraca que presenteia “geladinho”

DECOMMODIFICATION: A Comunidade é baseada na interrelação social e não econômica. Patrocínios, anúncios ou transações não são aceitos. O consumo é substituído pela experiência da participação.

Burning Man

Depois de uma tempestade de areia…

RADICAL SELF-RELIANCE: No bom português seria o “Te vira nego!”. O Burning Man apóia o exercício individual de descobrir e viver o evento com seus próprios recursos.

Burning Man

Arte durante a noite

RADICAL SELF-EXPRESSION: A auto expressão é um presente que cada um dá a si mesmo. A liberdade de uma pessoa ou um grupo se expressar é um direito e deve ser respeitado. Portanto se deu vontade de andar pelado, de top-less, travestido ou com qualquer fantasia faça, é um presente para você mesmo.

Burning Man

Radical Self Expression

COMMUNAL EFFORT: A comunidade valoriza a cooperação e a colaboração. Todos são responsáveis pelo meio, independente se foi você que fez ou não. Se ver um grupo ou alguém que precisa de ajuda se ofereça, com certeza vai fazer amizades e aprender algo (além de ter dado um presente para outros, lembre-se do gifting). Se ver alguém jogando lixo no chão repreenda, se achar lixo no chão junte. Com a colaboração de todos uma comunidade pode funcionar harmoniosamente.

Burning Man

Jardim de pintos plantados direto na areia.

CIVIC RESPOSABILITY: O Burning Man acontece dentro do estado de NEVADA e Black Rock City assim como qualquer outra cidade deve respeitar as leis do estado e as leis federais. Cada pessoa é responsável por sua conduta individual dentro do evento e deve arcar com as responsabilidades disso. Há policiais 24 hrs (inclusive alguns a paisana) prontos para acabar com a festa de alguém que passe dos limites ou que infrinja alguma lei.

LEAVING NO TRACE: Deixe o deserto do jeito que achou ele, ou seja TUDO que não sai de dentro do seu corpo deve ser guardado e levado com você de volta a cidade. Caso encontre lixo junte e leve com você. O Burning Man é feito dentro de uma reserva natural e é habitat de espécies que só existem lá. Deixar a casa dos outros do jeito que a encontrou é muito importante. E você com certeza vai sair de lá com outra cabeça depois que perceber a quantidade de lixo que consegue produzir em 1 semana.

PARTICIPATION: Todo mundo é convidado a trabalhar. Todo mundo é convidado a aproveitar. O trabalho de cada pessoa faz com que uma cidade funcione e se transforme. Assim como você como indivíduo. Ajude na construção e na manutenção do seu camp. Tome algumas horas para fazer acontecer. Faz parte do aprendizado e da inclusão social.

IMMEDIACY: Rompa suas barreiras, faça o que tem vontade e não deixe para amanhã. Estamos imersos em uma sociedade e ser imediatista significa conhecer a você mesmo a aos seus limites. Porém sempre lembre que seu limite acaba onde começa o do próximo e qualquer coisa que envolva outra pessoa deve ser feito sob consentimento de ambas as partes.

Burning Man

Templo queimando na última noite.

Bom…agora acho que já dá para ter uma idéia do que se pode encontrar em Black Rock City. Como toda a cidade existem regras e organização. E você tão livre quanto responsável não só pelos seus atos, mas também pela sua vida. É uma verdadeira experiência social.

Burning Man

Histórias deixadas para queimas nas paredes do Templo

O evento superou minhas expectativas e até agora parte da minha cabeça ficou em Black Rock City. Não acho que alguém consiga voltar ileso de uma experiência dessa.
Inclusão, participação e liberdade de expressão … Não é a toa que quando você chega no deserto as pessoas te abraçam e simplesmente falam:
“Welcome home”.

Burning Man

“Welcome home”

Comentários

comentários