0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Imagine uma vilinha hippie de 95 habitantes (segundo o último censo) na ponta de uma reserva natural. Um lugar cercado de dunas e praias, sem energia elétrica (com exceção de um grande farol) e água disponível somente através de poços artesianos. É Cabo Polônio.

Cabo Polonio

Cabanas coloridas e com grafites te fazem sentir de volta ao movimento hippie da década de 70.

Uma pequena vila em meio às dunas

E para chegar lá você tem 2 opções: Encarar meia hora em cima de um caminhão pelas dunas ou 7 quilômetros caminhando pela praia.

3 ilhas próximas a costa formam o mais importante santuário de leões marinhos do mundo. Também se pode avistar golfinhos e nos meses de setembro a novembro baleias que vem para as águas quentes do atlântico procriar.

Cabo Polonio

Leões marinhos descansando na costa

Cabo Polônio em um balneário estrategicamente posicionado para que você possa ver tanto o nascer quanto o pôr do sol no mar. Um de cada lado. A noite é outro espetáculo a parte. Como não há energia elétrica é possível ver a via láctea e uma infinidade de constelações. Mesas posicionadas em frente aos hostels a luz de velas se tornam o ponto de encontro dos turistas provenientes dos mais variados lugares do mundo.

Cabo Polonio

Céu de Cabo Polônio à noite A falta de energia elétrica proporciona uma visão espetacular do céu,

Felizmente Cabo Polônio é protegida e declarada Reserva Natural da Biosfera pela UNESCO. O acesso de automóveis é extremamente restrito assim como construções na área. Creio que dessa maneira tanto a natureza quanto a toda a energia pura e intensa do lugar poderão resistir a exploração comercial contínua que faz de lugares como esses serem cada vez mais raros pelo mundo.

Sem água, sem luz, mas com muita natureza e boa energia.

Cabo Polonio

Pôr do sol em Cabo Polônio

Tomar banhos rápidos para a água não acabar, mal ter sinal de celular ou internet, não ter luz e passar noites em albergues ou cabanas extremamente rústicas porém charmosas com suas cores, tudo isso faz parte da rotina do povoado. Porém não faz nem falta perto da energia e paz que o lugar te proporciona.

Comentários

comentários