0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

 

Hollywood foi minha primeira parada nos Estados Unidos. Tinha somente 2 dias então decidi me hospedar na emblemática terra das estrelas do que em Los Angeles, já que certamente não teria tempo de ver nada da cidade.

hollywood

Túmulo de Johnny Ramone no cemitério de Hollywood.

Peguei um shuttle direto do aeroporto (8 dólares, pago somente com cartão de crédito) para Hollywood e cheguei ao hostel mais caro da minha viagem (e entre os piores que fiquei). Bom…como todos falam, você está em Hollywood baby!

Fantasia vs realidade

Hollywood se mostrou uma terra deprimente. Preços super inflacionados e toneladas de turistas se mesclam a uma inacreditável numerosa população de rua. Tudo em meio a construções ridiculamente artificiais.

hollywood

Shopping ao ar livre em Hollywood

Me falaram que a grande maioria que vive na rua são pessoas que vieram a tentar a sorte na terra das estrelas. Não sei se é verdade, não cheguei a conversar com nenhum, mas entre alguns que não batiam bem da cabeça (bem comum pelas ruas de todas as cidades americanas, deve ter algo a ver com o estilo de vida), veteranos de guerra (muito comuns também, o que me faz questionar qual a ajuda do governo que mais faz guerra no mundo) e alguns neo-hippies talvez sobre uma pequena parcela de artistas sem oportunidade.

hollywood

Calçada da fama.

A Calçada da fama não impressiona, tampouco as atrações evidentemente planejadas para pegar turistas. Comida de qualidade (ao menos por um preço acessível) é inexistente. A estrutura de hospedagem é inacreditavelmente cara pela qualidade oferecida (Paguei $40/dia, era um dos hostels mais baratos da cidade).

Afinal, o que vale a pena em Hollywood?

O LACMA (Los Angeles Concil Museum of Art) é um incrível complexo de edifícios com exposições das mais diversas. Vale muito a visita. Se gosta de carros logo do outro lado da rua há Museu do Automobilismo, não cheguei a entrar. Todos eles ficam na baixa Hollywood, caminho a Beverly Hills.

hollywood

Graffiti em frente ao LACMA

Vale ressaltar que estou especificamente falando de Hollywood. Não tive tempo de visitar Los Angeles e certamente teria muito mais a oferecer. Fica para a próxima visita.

 

Comentários

comentários