0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Porta de entrada para a travessia para o sul de Bolívia, Humahuaca é uma cidadezinha de 11 mil habitantes situada numa região de ruínas e montanhas coloridas denominada “Quebrada de Humahuaca”, que vai de Pumamarca até a cidade de mesmo nome, passando por Tilcara.

Humahuaca tem uma arquitetura peculiar com casas feitas de pedra, barro e palha, como a milênios as civilizações pré-incas já o faziam. A cidade foi declarada patrimônio cultural e natural da humanidade pela UNESCO, em 2003.

humahuaca

Humahuaca vista de cima

Caminhas pelas ruas de Humahuaca já é uma atração a parte, o restante se restringe às formações naturais e outras vilas ao redor, sendo a mais procurada a Montanha de 14 cores.

Na praça central da cidade todos os dias ao meio dia várias pessoas se aglomeram na frente da torre da igreja para ver a imagem de San Francisco Solano, padroeiro da cidade, dar o ar de sua graça e abençoar o dia.

humahuaca

San Francisco abençoando o povo

Hornacal, a Montanha de 14 cores

A alguns quilômetros da cidade está o imponente Hornacal, uma montanha formada por camadas sobrepostas de 7 tipos de minerais diferentes, que o faz ter essa coloração distinta. Na verdade a montanha tem as cores dos minerais que a compõem (ou seja, 7) que se repetem, porém foi chamada de “14 cores” por ser maior e para se diferenciar do monte de Pumamarca, que já tem esse nome (traduzindo: Pura jogada turística, rs).

humahuaca

Hornacal, a montanha composta por camadas de 7 minerais que a faz ser multicolorida.

Humahuaca vale a visita. Entre suas montanhas multicoloridas, cactus gigantes e ruas de barro avermelhado encontra-se a mescla da milenar cultura andina com a recente cultura européia.

Comentários

comentários