0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A viagem de barco de Tabatinga a Manaus dura 3 dias e 3 noites, o custo da passagem é de R$ 200,00 porém se você comprar a passagem no dia anterior paga R$ 150,00. No preço já estão inclusas todas as refeições e água a vontade.

manaus

3 dias navegando pelo rio Amazonas

O barco brasileiro é muito mais organizado que o peruano (que tomei de Iquitos a Letícia). As redes são (mais ou menos) organizadas, os banheiros limpos e a comida servida em sistema de buffet e muito gostosa. É uma viagem bem agradável. O barco também dispõe de um bar onde se pode comprar snacks e refrigerante a preços inflacionados. Saímos de Tabatinga na terça ao meio dia e chegamos no porto de Manaus na sexta às 10 da manhã.

manaus

Ambulantes vendem de tudo dentro dos barcos entre as paradas.

Manaus é a maior das cidades que costeiam o rio Amazonas. A cidade de 2 milhões de habitantes hoje apresenta já uma grande mescla de nacionalidades em sua gente, muito por causa do êxodo de pessoas do sul para trabalhar nas fábricas da zona Franca, criada em 1967.

manaus

Sol nascendo no meio da floresta

Assim como os típicos pratos de Tambaqui (para mim o melhor peixe desse universo), pirarucu, tucupi ou uma bela tapioca de tucumã com queijo coalho também não faltam churrascarias, principalmente especializadas em picanha (já quase uma comida típica manauara).

A cidade de Manaus

A cidade cresceu muito desde a abertura da Zona franca, ocupando um lugar de destaque entre as metrópoles brasileiras. Porém esse crescimento não trouxe somente prosperidade à região. O aumento da desigualdade, descaso político e crescimento desordenado transformou Manaus em uma cidade violenta, segmentada e com um problema grave de mobilidade.

manaus

Praça principal da cidade. Foto da minha viagem de 2014

Nos últimos anos a desigualdade diminuiu e a renda per capita aumentou, consequentemente a violência diminuiu, se restringindo a pontos específicos da cidade. Porém os problemas de mobilidadade continuam. É muito difícil se deslocar em Manaus sem um carro. O sistema de ônibus é falho e não tem nem ar-condicionado para combater o calor infernal da região.

manaus

Teatro Amazonas. Símbolo da cidade. Foto de 2014

Esse problema faz com que os atrativos que uma cidade como Manaus pode oferecer principalmente aos turistas se resumam a meia dúzia de coisas limitadas ao centro da cidade. Se você não conhecer alguém que more por lá realmente é complicado de aproveitar a cidade por completo.

Manaus e a Amazônia

O crescimento desordenado também influi na floresta ao redor. Ao navegar pelo rio Amazonas é triste a quantidade de lixo boiando pelas águas e seguindo a corrente. Entre os igarapés aparecem índios com jacarés e macacos amarrados os oferecendo para que os turistas tirem fotos com os animais. Isso não é uma exclusividade brasileira, em todo o trajeto que percorri percebi a falta de respeito com a natureza que tanto proteje e fornece alimentos e matéria prima para a população.

manaus

Graffite de protesto. Foto de 2014

Iniciativas de preservação e conscientização são abundantes. Em todos os lugares há grafites, cartazes e manifestações independentes em prol do meio ambiente. A população manauara cresce sob influencia da floresta e ela é parte integrante da cultura do povo, deve ser respeitada e preservada.

O que fazer em Manaus?

Os principais passeios são o do encontro das águas (com uma voltinha pelos igarapés caso seja época de cheia do rio), passeio noturno com pesca de piranha e focagem de jacarés, nadar com os botos e visita a tribos turis(sic) indígenas. Tudo isso pode ser fechado nas agencias pelo centro da cidade que, aliás, é o melhor lugar para se ficar.

manaus

Iguarapés da floresta. Foto de 2014

O centro histórico de Manaus comporta a maioria dos prédios a se visitar, com destaque para o Teatro Amazonas. A construção data de 1868 como principal símbolo da riqueza durante o período de intensa extração borracheira, matéria prima muito requisitada e valorizada pela Europa.

manaus

Teatro Amazonas. Foto de 2014

Outro ponto turístico e não tão complicado de alcançar é a praia de Ponta Negra, na área nobre da cidade e região das principais baladas de Manaus.

A cidade oferece muitos outros atrativos, como as praias mais virgens fora da região urbana e os bares flutuantes. Assim como Presidente Figueiredo e suas cachoeiras. Porém são pontos distantes ou só alcançáveis de carro.

Manaus mescla a urbanidade com a natureza. É possível encontrar todo o conforto, estrutura, manifestações de arte e festas de uma grande cidade e ao mesmo tempo adentrar pela maior floresta do mundo e desvendar os mistérios que residem nela. Comer as comidas típicas da região é algo imperdível. Para mim a culinária manauara é a melhor do Brasil.

manaus

Festa no flutuante Abaré, no meio do rio Negro.

 

Comentários

comentários