0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Barcelona é uma cidade plural e única. Ela consegue ser cosmopolita e alternativa, ser nova e antiga, ter praias e montanhas. É impossível não se apaixonar.

Barcelona e seu povo

Não espere a mesma simpatia e abertura que os espanhóis tem. Os catalães em geral são mais fechados. Não que sejam grosseiros ou antipáticos, é cultural. O forte nacionalismo e a crescente adoção do movimento separatista faz com que deem muita importância a manutenção da língua catalã.

barcelona

Domingo no parque

Apesar de todos na capital falarem espanhol fluente por decreto todo o comércio deve comunicar tudo em catalão (o espanhol é opcional). Inclusive se você pensa em morar por lá cogite aprender catalão, muitas empresas locais exigem o catalão. Caso você encontre uma excessão certamente vai sofrer preconceito dentro do ambiente organizacional.

Astear a bandeira separatista é ilegal porém o povo não liga e por onde você passa verá as bandeiras por lado de fora de suas sacadas.

barcelona

Domingo no centro.

Mas não se preocupe tanto. Barcelona é um importante hub internacional e como tal pessoas das mais variadas partes do mundo circulam na rua, não só como turistas mas também como moradores e grande parte dos barceloneses (pelo menos os com menos de 40 anos, que ainda eram crianças quando Barcelona se tornou um ponto de atenção mundial, depois das Olimpíadas de 92) são muito abertos, conectados e prestativos.

barcelona

Museu de arte da Catalunia

Barcelona e sua arte

Assim como Madrid Barcelona abriga os muitos museus dos mais variados tipos. Mas a prima catalã me pareceu mais contemporânea.

Enquanto a capital abriga grandes acervos de arte antiga só passear por Barcelona já te traz uma vasta gama de referências visual de arte e arquitetura moderna e contemporânea.

barcelona

Ruas do bairro gótico

Esculturas de Miró, os edifícios e jardins de Galdi, o bairro gótico…cada esquina é uma referência diferente e impressionante. Sem contar as centenas de museus e centros de cultura e arte, alguns destinados só um artista como o Museu Miró ou o Museu Picasso.

barcelona

Interior da igreja da Sagrada família

Barcelona respira cultura e arte. Respira contemporaneidade e inovação.

Barcelona e sua arquitetura

Barcelona talvez seja uma das únicas cidades que colheram louros depois de sediar uma olimpíada. Em 92 a cidade investiu não só num parque olímpico (que depois virou moradia e clubes de treinamento) como na revitalização da cidade.

O centro ganhou um sistema de coleta seletiva automática, onde você põe o lixo e ele navega por tubulações subterrâneas até o centro de separação e reciclagem. Todas as praias foram limpas e revitalizadas, anteriormente grande parte estava abandonada e poluída. (o catalão prefere viver nas montanhas, afastado da praia, portanto os bairros mais próximos da costa são em grande parte povoados por pessoas de fora. Os mais tradicionais são afastados do centro.).

barcelona

Praia de Barcelona

Hoje Barcelona é uma das cidades mais turísticas do mundo. Com praias incríveis e boa infraestrutura. Uma rede de transporte público de imensa qualidade (você realmente não precisa de carro), atrações culturais, gastronômicas das mais variadas (cheguei a ir em uma festa brasileira). Com dias e noite de vida ativa e intensa.

O único problema da cidade talvez sejam o alto número de furtos. Assaltos são raridade, ainda mais a mão armada. Porém a lei é muito flexível quanto a furtos. Você necessita ser pego 6 vezes EM UM MESMO BAIRRO para que passe 1 DIA na cadeira. Existem famílias inteiras que tem no furto sua “profissão”.

Mas não foi sempre assim. Com o crescimento demográfico e a migração de países pobres do leste e da África o número de roubos, assaltos e sequestros estavam aumentando e o governo tomou essa decisão “fora da curva” para ao menos coibir a violência. Funcionou, porém não sanou o problema.

Portanto cuide com sua bolsa, carteira e celular nas ruas e inclusive em lugares fechados, principalmente com grande circulação de pessoas.

Um centro de inovação tecnológica e comportamental.

Até pouco tempo atrás segundo as leis municipais era permitido andar nú na rua, assim como com qualquer tipo de vestimenta, já que se permitia a livre expressão individual. Agora a nudez só é permitida nas praias. Não é raro encontrar uma pessoa ou outra pelada caminhando entre turistas e moradores. Mas ao contrário de países como o Brasil as pessoas tratam isso com (certa) naturalidade.

barcelona

Praça para exercício e descanso no caminho entre as praias.

Esse é só um dos exemplos do avanço cultural que Barcelona oferece. Onde você tem possibilidade de livre expressão cresce uma sociedade com mais respeito e menos preconceito (não que isso não exista lá, o catalão como falei é um povo bem fechado. Porém percebe-se menos que em outras partes da Europa, em cidades próximas inclusive.)

barcelona

Stencil nas calçadas da praia de Barceloneta.

Depois da crise de 2008 houve um decréscimo do salário dos países mediterrâneos (principalmente Portugal, Espanha e Itália) Barcelona começou a atrair a atenção de startups pela efervescência cultural e atratividade para jovens talentos, já que o custo da mão de obra se tornou mais atrativa que nos países do norte. Barcelona cresce na contramão do restante do eixo, com possibilidade de trabalho para jovens talentosos e empreendedores. A cidade foi a primeira a ter uma revolução industrial na Espanha e agora é protagonista da revolução cultural e tecnológica no país.

barcelona

Barcelona

Para mim Barcelona não é só uma cidade para se visitar. É para se viver, se respirar e se apaixonar. O maior perigo de pisar nessa cidade é não querer mais sair dela.

Comentários

comentários