0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Valparaíso, ou Valpo como carinhosamente os chilenos a chamam, é uma cidade que por si só é uma atração. Se perder nas ruelas dos cerros recheadas de graffitis em suas casas revestidas de metal vindo de velhos containers é ter uma incrível experiência. Não é a toa que em 2003 seu centro foi reconhecido como patrimônio cultural da UNESCO.

Ruelas de Valpo

Outra atração a parte de Valpo são as pessoas. A cidade emana manifestações artísticas não só pela arte urbana, mas nos Ateliers, nos músicos, no estilo da população e consequentemente na boemia que tanto caracteriza a cidade. A noite a cidade se transforma e por onde passar haverá um bar e em cada portinha pode encontrar uma balada começando.

Caminhe, caminhe, caminhe e se perca na energia da cidade.

O estilo dos habitantes também faz parte da energia.

 

As praias e a natureza ao redor de Valparaíso

Enquanto Valpo transpira arte, boemia e um certo caos estrutural orgânico o que pode encontrar em volta é a organização geométrica de balneários recheados de prédios de alto padrão, cassinos, carros luxuosos, palmeiras imperiais pelas ruas limpas e impecáveis. Sair do caos de Valparaíso para a organização um tanto artificial de Viña Del Mar, Reñaca e Con Con pode ser um baque, mas vale a pena conhecer principalmente suas praias de águas geladas que abrigam lobos marinhos, pelicanos e demais animais do Pacífico.

Praia de Reñaca

 

Isla Negra e a casa preferida de Neruda

Pablo Neruda é talvez o principal poeta do Chile. O ganhador do prêmio Nobel de literatura teve 3 casas, todas projetadas pelo próprio e com características arquitetônicas peculiares. Todas vale a visita.

Enquanto “La Chascona” está em Santiago, em Valparaíso temos “La Sebastiana” com uma bela vista da cidade e em Isla Negra, a mais ou menos 1hr e meia de Valpo (de ônibus que sai a cada 30 min da rodoviária) está a casa onde viveu mais tempo, inclusive seus últimos dias.

Vista de Valparaíso da janela da sala de estar da casa de Neruda.

Bom…eu não sabia direito quem era Neruda e sua história antes de conhecer suas casas. E digo que vale a pena, meu próximo passo é ler algum livro de sua autoria. 🙂

Isla Negra é uma pequena cidade de veraneio como muitas que temos no Brasil e a praia onde fica a casa de Neruda foi batizada com o nome do autor. É uma praia pequena, cheia de rochas e charmosa. Não se pode tirar fotos de dentro da casa, então ai vão algumas da praia.

Casa de Isla Negra vista da Praia.

 

E nunca perca o pôr do sol do Pacífico. Com uma garrafa de vinho chileno então…

 

É isso. Minha dica para Valparaíso: Se perca! Se perca nas cores, nas flores, nas texturas e nos grafites das vielas dos cerros da cidade. Se perca na boemia das noites chilenas. Se perca nas lindas praias ao redor da cidade. Se perca no tempo, não tenha pressa e deixe o clima da cidade te seduzir até não querer mais ir embora. Mas como tudo que é bom dura pouco pelo menos as memórias serão eternas.

Para ver mais fotos pode acessar o perfil Vira Lata no Facebook, 🙂

Comentários

comentários